UNIDADES DE TRIAGEM DE MATERIAIS RECICLÁVEIS


O funcionamento de uma unidade de reciclagem se inicia com a recepção dos materiais reciclados proveniente de coleta seletiva. Esses materiais provavelmente já foram recolhidos por catadores de lixo ou mesmo por empresas especializadas na coleta de resíduos.

Depois do recebimento dos materiais, os mesmos vão para o setor de triagem, onde serão separados de acordo com o tipo de resíduo que podem ser: papelão, papel, plásticos, alumínio, metal, vidros, pet...

Esse processo de triagem de materiais é de total importância para o meio ambiente, para que o máximo de material seja aproveitado e que o mínimo de rejeitos seja descartado de maneira correta nos aterros.

Após a triagem e separação, os materiais são prensados. Depois disso, finalmente o material é direcionado ou vendido para diferentes empresas que atuam em setores diversos e necessitam desse material para a fabricação de seus produtos.


  • Resíduos de coleta seletiva;
  • Resíduos de coleta diferenciada.



Capacidade:


  • 5 à 100 t/dia de lixo seletivo ou diferenciado;
  • Projetos customizados sob consulta.